English     Español

Corpo Docente

Deise Mancebo - Docente                        
Email: deise.mancebo@gmail.com

Professora titular de Psicologia Social da UERJ; Doutora pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1995).

Pesquisa Atual
1 ) Trabalho docente: políticas e subjetividade É concebido na interface da psicologia e das ciências sociais, articula-se com a pesquisa sobre o processo de globalização em curso; desenvolve-se na necessária análise deste campo temático com as novas ordenações políticas, econômicas e sociais por que passa o mundo; para aprofundar um dos aspectos destas modificações: a produção de novas subjetividades no campo específico do trabalho docente. A justificativa da investigação reside na ideia de que, no espaço universitário, engendra-se um complexo campo de forças, como lugar privilegiado de produção de conhecimento, espaço de aglutinação e formação de diversos profissionais e da construção de regimes de verdade que, em conjunto, constituem-se em pilares de sustentação de muitas sociedades contemporâneas. Desse modo, aposta-se na possibilidade da análise do trabalho, nesse campo específico, poder traduzir expressões mais gerais da complexidade dessa temática. Apresenta como objetivos gerais: (1) contribuir com formulações teóricas, conceituais e metodológicas sobre o trabalho no atual estágio do capitalismo flexível; (2) buscar análises mais consistentes sobre os fundamentos psicossociais da construção da subjetividade e sobre a relevância que o trabalho humano possui para essa construção. Os procedimentos metodológicos incluem: uma revisão da bibliografia mais recente sobre trabalho, educação superior e produção de subjetividade na contemporaneidade e a realização de pesquisa de campo envolvendo: (1) uma análise sistemática e detalhada das situações de trabalho e saúde dos docentes; (2) a realização de entrevistas individuais semi-dirigidas e (3) a análise coletiva do trabalho. Financiamentos: UERJ; CNPQ.

2) Observatório da Educação (OBEDUC) Políticas da Expansão da Educação Superior no Brasil O projeto visa à investigação das “Políticas da Expansão da Educação Superior no Brasil”. Considera as mudanças, ocorridas a partir das quatro últimas décadas e entende que elas exigiram reformas também no Brasil. Localiza a matriz teórica e política deste movimento, na reforma do aparelho do Estado brasileiro (1995), que sugere um ambiente institucional com controle dos gastos do Estado, fim da regulação estatal e liberdade máxima para o capital. Na educação superior, o vazio deixado pelo Estado foi ocupado pelo mercado, configurando o que vem sendo definido como mercantilização da educação superior. A pesquisa apresenta por justificativa dois princípios: a indiscutível necessidade de ampliação do acesso à educação superior, mas com qualidade. Argumenta, no entanto, que a expansão em curso requer forte reflexão, pois tem sido marcada pela edição de medidas baseadas num imediatismo pragmático, o que resulta em impactos sobre a sua qualidade. O projeto desenvolve-se no âmbito da rede Universitas/Br, com aproximadamente 23 anos de trabalho coletivo, e compreende 7 subprojetos: (1) financiamento, (2) organização acadêmico-institucional e formação de professores, (3) avaliação, (4) trabalho docente, (5) acesso e permanência, (6) produção do conhecimento e (7) educação do campo. Pretende fazer uso de métodos quantitativos e qualitativos, dependendo do que se apresentar em foco. Especial destaque é dada à captação e análise de dados estatísticos, a partir da consulta às bases de dados do INEP e outras fontes. Estão previstos, ainda, estudos de caso em universidades, observações, realização de entrevistas, levantamentos de realidades locais, dentre outros procedimentos. Entende, todavia, que a teoria deverá manter o seu lugar catalisador na investigação, pois somente a conjunção dos eventos no campo da empiria com rigorosa teorização possibilita a análise das forças, poderes e estruturas presentes na realidade em análise. Financiamentos: CNPQ; CAPES; INEP. Site: www.obeduc.uerj.br.

Principais publicações


Orientados - Mestrado
Titulados(as):

CARLA SILVA BARBOSA

DANIELA ALBRECHT MARQUES COELHO

MARCELO PRINCESWAL

Em Andamento:



Orientados - Doutorado

Titulados(as):

ANDRÉA SILVA DO NASCIMENTO

ANDRÉA ARAUJO DO VALE

CARLA CHRISTINA IMENES DE MORAIS

ESTHER HERMES LUCK

MARCELO NUNES SAYÃO

SUELI FÁTIMA OURIQUE DE ÁVILA

DAISE FERREIRA DINIZ

ELIANE PINTO DE GÓES

JOCELI DE FATIMA ARRUDA SOUSA

LUIZ FERNANDO REIS

CATHARINA MARINHO MEIRELLES

JOSÉ RENATO BEZ DE GREGÓRIO

Em Andamento:

CARLOS EDUARDO MARTINS DA SILVA

KATIA CORREIA DA SILVA

ANTONIO LUIS DE ANDRADE

LUANA LUNA TEIXEIRA

VIVIANE DE QUEIROZ

PRISCILA CAETANO BENTIN